Alergia Ocular

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), 20% dos brasileiros possuem algum tipo de alergia no olho, e a conjuntivite alérgica é a mais comum.

alergia

O olho pode ser atacado por processos alérgicos, caracterizados por uma atividade excessiva do sistema imunológico que acaba prejudicando o próprio organismo. Isso varia desde quadros leves, com poucos sintomas, até quadros graves, com muita coceira e sensibilidade à luz, inclusive com risco de perda da visão. A alergia tem grande impacto na vida do paciente e seu tratamento trás grande alívio.

coceira

O paciente sente coceira nos olhos que geralmente é acompanhada de lacrimejamento, fotofobia (luz incomodando) e aumento da secreção ocular (remela). As vezes também pode apresentar piora da visão durante as crises pelo aparecimento de machucado na córnea chamado de ceratite.

Adultos e crianças podem apresentar alergia ocular e existem diferentes tipos de alergia, alguns são causados por substâncias especificas como creme de proteção solar ou maquiagem e outros causados por substâncias presentes no ambiente como pólen, pelo de animais, ácaros, etc. Em ambos os casos existe uma predisposição do organismo do paciente para ter a alergia. O tratamento é realizado pelo médico oftalmologista desde os casos mais simples aos mais complexos.